Colunas

  • Em Foco
  • Colunas
  • O dízimo e o início do novo ano - despesa ou bênção?

O dízimo e o início do novo ano - despesa ou bênção?

Publicado em 7 de janeiro de 2022 - 16:56:05

2022 chegou e com ele as despesas habituais de todo início de ano: IPVA, Licenciamento do carro, IPTU, matrículas e lista de livros e materiais das escolas dos filhos, contas de água, luz, telefone, internet, gás, condomínio, aluguel, etc. Parece que nosso salário não será suficiente para tanto gasto. Será que vai sobrar para a despesa do dízimo?

Bem, a pergunta que acabamos de fazer está muito mal formulada para quem tem fé em Deus e na sua divina providência: dízimo não é despesa e muito menos é sobra que devolvo a Deus.

Seu dízimo é um valor sagrado que pertence ao Senhor como sinal do seu amor e gratidão a Ele, que se dá através da sua contribuição na Igreja da qual você participa. Dízimo é bênção, é o exercício da sua fé e de seu amor a Deus pelo muito que Ele nos concede para a vivência da nossa dignidade humana.

Dízimo não pode ser comparado a qualquer gasto, a qualquer despesa, pois ele é gratidão, é sinal do meu relacionamento de amor com Deus. Ele me dá tudo e espera meu reconhecimento por isso, na forma de dízimo. Deus não precisa de nada nosso, mas ele “quer precisar” para que possamos manifestar nossa gratidão, fé e amor a Ele.

O dízimo deve ocupar o primeiro lugar dentre os valores que você separa periodicamente para honrar seus compromissos. Mas infelizmente nem todos fazem assim. Deixam para pensar no dízimo somente depois de pagar todas as contas, e se sobrar, contribuem com o dízimo. Se agirmos assim, é melhor nem “dizimar” porque Deus não precisa das nossas sobras, dos nossos restos, Ele é dono de tudo. Nós é que precisamos Dele.

Quanto mais Deus me abençoa com meus ganhos monetários, mais eu devo ser grato por isso e retribuir a Ele através do dízimo e oferta na Igreja em que professo minha fé.

Não tenha medo de ser dizimista. Como diz São João Apóstolo e Evangelista: “No amor, não há temor; antes, o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor" (1João 4,18).

Não tenha medo de que o dinheiro vá lhe faltar se você contribuir com seu dízimo. Acredite nas palavras de Deus: "nada temas, porque estou contigo, não lances olhares desesperados, pois eu sou teu Deus; eu te fortaleço e venho em teu socorro, eu te amparo com minha destra vitoriosa" (Is 41,10).

Que este novo ano de 2022 seja repleto de bênçãos de Deus para você fiel dizimista e toda sua família.

Pe. Celso de Jesus Ribeiro
Animador Diocesano da Pastoral do Dízimo
cj.ribeiro1@gmail.com

Anunciantes
Em Foco - Diocese de Piracicaba

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7556
Desenvolvido por index soluções