Notícias da Diocese

“A Igreja é a instituição que viveu todas as pandemias”, recorda Bispo de Piracicaba

Publicado em 20 de julho de 2021 - 08:46:52

Dom Devair e padre Adalton durante visita à Santa Casa de Misericórdia de Capivari  (Foto: Arnaldo Mattar)

A Igreja Católica, com mais de 2.000 anos contados desde sua origem apostólica, é a instituição mais antiga em atividade. Há alguns anos, o historiador, antropólogo e escritor norte-americano Ralph Della Cava atribuiu à Igreja a definição de organização “transsistêmica” (que sobreviveu a diferentes sistemas políticos e econômicos) mais antiga e permanente do mundo – leia aqui.

Não foram somente mudanças nos tipos de “poder” que a Igreja vivenciou. Para os fiéis católicos, a esperança e as ações para superação da pandemia encontram sustentação na História e no testemunho que atravessa séculos. Em entrevista a uma emissora de rádio em Capivari, onde visitou trabalhos de caridade, o Bispo Diocesano de Piracicaba, Dom Devair Araújo da Fonseca, recordou essa realidade histórica.

“A Igreja é a instituição que viveu todas as pandemias. A humanidade já atravessou outros momentos difíceis e os governos foram passando, mas a Igreja permanece. Como perita em humanidade, como realidade que conhece o ser humano, a Igreja atua e atua fortemente, seja no serviço da caridade, seja na informação ou no acolhimento das pessoas. É importante tomarmos todos os cuidados, é importante fazermos tudo o que precisamos para a proteção de todos, mas sobretudo é importante testemunharmos a nossa fé”, afirmou.

FÉ E OBRAS
A dimensão da fé a que se refere Dom Devair é aquela que se materializa em boas obras. Na Bíblia, a carta de São Tiago afirma que “se não tiver obras, [a fé] é morta em si mesma” (Tg 2,17).

O Bispo de Piracicaba faz a ponte entre a Palavra e a atuação dos fiéis e da Igreja. Logo após ter visitado a Santa Casa, a Associação Santa Rita e o Lar dos Velhinhos de Capivari, ele declarou: “São pessoas e entidades envolvidas com o bem-estar e com o atendimento das necessidades dos mais pobres. É aí que o Evangelho deixa de ser apenas, como alguns dizem, uma palavra bonita e se torna uma ação concreta na vida. Nessas entidades, são pessoas de igreja servindo. É a Igreja atuando através de seus fiéis”.

VISITAS
Em Capivari, Dom Devair visitou a Igreja Matriz – Paróquia São João Batista, onde foi recebido pelo pároco, o padre Adalton Roberto Demarchi, fez orações e conversou com funcionários. Passou também pela casa paroquial e teve um breve encontro com as Irmãs do Divino Salvador.

Em seguida, visitou a prefeitura municipal, onde foi recebido pelo prefeito Vitor Hugo Riccomini, pelo vice-prefeito Bruno Barnabé da Silva e pelo chefe de gabinete, Eduardo Aparecido. Em passagem pela Câmara Municipal, foi recepcionado pelo presidente da Casa, José Eduardo Bombonatti, mais seis vereadores (Vinicius Scarso, José Eduardo de Campos Pacheco, Ines Feliz Teixeira, Celi Rosada, Ruan Henrique Bragion Pelegrini e Denilton Rocha dos Santos) e pelo diretor-geral da Câmara, Luiz Antonio Piazza, o procurador jurídico, Murilo Kerche de Oliveira, e a diretora de comunicação, Andreia Bombonatti Yavece.

Após as visitas ao Executivo e Legislativo, Dom Devair conheceu a Associação Santa Rita de Cássia, a Santa Casa de Misericórdia de Capivari e o Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo. As três entidades não governamentais prestam serviços assistenciais e mantêm um forte vínculo com a Paróquia São João Batista, conforme informou o padre Adalton.

Por fim, à noite, o Bispo de Piracicaba presidiu a Santa Missa na matriz e conheceu a Ermida Mãe Rainha de Capivari. Confira mais fotos das visitas nas redes sociais da Diocese: Facebook e Instagram.

Em Foco - Diocese de Piracicaba

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7556
Desenvolvido por index soluções