Jornal em Foco

Seminário Teológico São José comemora 40 anos

Março/ 2021 – Edição 150 – Ano XV

No próximo dia 19 de março, o Seminário Teológico “São José” completa 40 anos. Para comemorar a data, acontecerá celebração eucarística presidida pelo bispo diocesano Dom Devair Araújo da Fonseca, às 11h, na capela do seminário. A missa será concelebrada pelo bispo emérito Dom Fernando Mason, pelo reitor do seminário teológico, padre Mateus Kerches Nicolucci e padres formadores que fizeram parte da história do seminário.De acordo com padre Mateus, dentro da rotina do seminário, também estão previstos momentos de oração, antes e no dia de São José.

Para padre Mateus, a celebração deste momento histórico na formação dos futuros sacerdotes, neste ano, é especial já que “estamos tendo a graça de celebrar os 40 anos da criação de nosso seminário, no mesmo ano em que o Papa Francisco instituiu o Ano de São José”. O reitor ainda lembra que “é a ação de Deus para que a figura do esposo de Maria seja continuamente redescoberta, e, para os futuros padres de nossa Igreja Particular, um especial momento de voltarmos nossos olhares para a vida e missão de São José e imitá-lo em nossas próprias vidas e ministério, como homens que sempre souberam confiar em Deus e aceitar as responsabilidades confiadas a nós”.

Além do reitor, padre Mateus, a estrutura atual do seminário teológico é formada pelo vice-reitor, padre Rodrigo Stefanini Françoia e pelo diretor espiritual, padre Genildo Neves dos Reis.

Diversos seminaristas passaram por esse seminário e, hoje ordenados, colaboram com nossa Igreja Diocesana na sua missão de levar e anunciar a Palavra de Deus. Atualmente, os seminaristas da teologia são: Cláudio Henrique Furlan e Luis Gustavo Marques da Silva (4º ano); Diego Nunes de Oliveira, Edson Willian Ricarte Serafim e Miguel Winícius Camargo (1º ano).


Resgate histórico

No dia 19 de março de 1981, na festa de São José, aconteceu a inauguração oficial, com missa festiva presidida pelo bispo coadjutor e administrador apostólico, Dom Eduardo Koaik e concelebrada pelo segundo bispo da diocese, Dom Aníger Francisco de Maria Melillo.

Sua primeira sede foi uma casa, localizada no território da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Santa Bárbara d´Oeste, e seu primeiro reitor, o padre José Maria de Almeida. Entre os cinco seminaristas da primeira turma estavam os futuros padres Luiz Carlos Zotarelli, que cursava o 4º ano de Teologia, e Eugênio Broggio Neto, que estava no primeiro ano do curso.

Em 1984, devido ao aumento do número de seminaristas, o seminário foi transferido para o bairro Vila Grego. Embora tenha sido pensado apenas para acolher os estudantes de teologia, no período de 1982 a 1987, o seminário também passou a contar com a presença de estudantes de filosofia da diocese, que realizavam atividades comuns, como orações, reflexões e refeições. A partir de 1988, o seminário teológico voltou a abrigar somente os seminaristas de Teologia.

Em 2004, o quarto bispo diocesano, Dom Moacyr José Vitti, transferiu o Seminário Teológico “São José” para Campinas, no prédio do Seminário Filosófico “Papa João XXXIII” e este foi transferido para Santa Bárbara, no prédio que abrigava o seminário teológico. Os estudos de Filosofia e Teologia continuaram na PUC (Pontifícia Universidade Católica) de Campinas.

No ano de 2006, o quinto bispo diocesano, Dom Fernando Mason, unificou o seminário teológico e filosófico na cidade de Campinas, inclusive determinou um único reitor para cuidar das duas casas formativas.

Em 2008, ainda no episcopado de Dom Fernando e com o objetivo de dar à diocese uma estrutura definitiva para a formação dos futuros sacerdotes, foram iniciadas as obras para a construção dos seminários filosófico e teológico. Um ano depois, o novo seminário foi inaugurado com missa presidida pelo então Núncio Apostólico no Brasil, Dom Lorenzo Baldisseri.

Na realidade, são dois seminários que funcionam na mesma edificação. Dividido em dois pavilhões - um para os estudantes de Filosofia e outro para os de Teologia – cada pavilhão contém dormitórios, sala de estudo, biblioteca e outras dependências. Há também espaços comuns para todos os seminaristas como a cozinha, o refeitório, a capela, o auditório e a área de lazer e esporte.


Contribuição: Luis Gustavo Marques da Silva – 4° ano de Teologia

 

Ao longo dessas quatro décadas de existência do Seminário Teológico “São José”, vários padres contribuíram na formação dos seminaristas, atuando como reitores. São eles:

Padre José Maria de Almeida – março de 1981 a dezembro de 1984
Padre Salvador Paruzzo (hoje bispo da Diocese de Ourinhos) – janeiro de 1985 a março de 1990
Padre Orivaldo Casini – março de 1990 a junho de 1994
Padre Ronaldo Francisco Aguarelli – julho de 1994 a dezembro de 2003
Padre Agnaldo Rogério dos Santos – fevereiro de 2004 a janeiro de 2010
Padre Willian Martins – janeiro de 2010 a junho de 2014
Padre Claudemir da Silva – junho a dezembro de 2014
Padre Antônio César Maciel Mota –fevereiro de 2015 a dezembro de 2019
Padre Mateus Kerches Nicolucci – desde janeiro de 2020 

Anunciantes
Em Foco - Diocese de Piracicaba

Assessoria de Comunicação

Segunda a Sexta das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Diocese de Piracicaba

Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis - Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP - Fone: 19 2106-7556
Desenvolvido por index soluções